Hapag-Lloyd vai operar novo terminal de contêineres no Egito

Estrutura será construída no Porto de Damietta e é fruto de uma joint venture com a Eurogate e a Contship

9 de Junho de 2022

Por: Redação

A Joint Venture Damietta Alliance Container Terminal foi criada para desenvolver e operar o novo terminal que será construído no Porto de Damietta, no Egito. A empresa conta com três acionistas principais, que são Hapag-Lloyd, com participação de 39%, a Eurogate, com 29,5%, e a Contship, com 29,5%. O Middle East Logistics & Consultants Group e a Ship & C.R.E.W. Egypt completam a joint, cada um com participação de 1%. 

O novo terminal deve começar a operar em 2024 e contará com capacidade operacional total final de 3,3 milhões de TEUs, servindo como hub estratégico dedicado de transbordo da Hapag-Lloyd no Mediterrâneo Oriental. “Com o novo terminal, a Hapag-Lloyd melhorará significativamente sua operação de transbordo no mercado do Mediterrâneo Oriental, bem como o acesso ao comércio egípcio local”, destaca Rolf Habben Jansen, CEO da Hapag-Lloyd. 

“Com o Terminal 2 em operação em 2024, a Hapag-Lloyd e seus parceiros poderão usar um terminal de última geração com capacidade suficiente, alta produtividade e uma rede de alimentação densa”, analisa Thomas Eckelmann, presidente do conselho de administração da Eurogate, operador independente de terminais de contêineres de companhias marítimas na Europa. 

“Sentimo-nos privilegiados e extremamente gratos pelo apoio do governo egípcio. A concessão para operar a instalação é concedida à joint venture por 30 anos. Isso dá a nós e aos nossos respectivos clientes uma perspectiva de longo prazo no Porto de Damietta”, completa Cecilia Eckelmann-Battistello, presidente do conselho da Contship Italia, holding que atua com terminais marítimos de contêineres, terminais ferroviários e serviços de transporte intermodal. 

“Essa é uma parceria muito encorajadora e bem planejada do setor privado internacional e egípcio para posicionar o Egito como um centro global de logística e comércio. Nesta primeira fase, estabeleceremos o Porto de Damietta como um hub logístico integrado para contêineres, que será seguido pelo estabelecimento de corredores logísticos que chegam a diferentes áreas de fabricação no Egito por rede ferroviária”, exalta o ministro dos Transportes egípcio, o tenente-general Kamel Al-Wazir.

Tags: contship porto hapag-lloyd eurogate egito terminal melhores-da-semana


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MAIS POPULARES

Infraestrutura

Vibra investe R$ 70 milhões na ampliação no Porto de Miramar

Reconhecimento

VBR conquista certificado zero acidentes no transporte de produtos perigosos

Tecnologia

Brink's coloca à disposição chatbot para atendimento



LOG CONTENT